Blog


03
dez 2018
Tarde de Luz, evento de Reiki Voluntário para animais | Vet Therapy

  💜✨SAVE THE DATE ✨💜 Preparados para um evento lindo? Para seu peludo finalizar o Ano cheio de energia boa! II Tarde de Luz, evento de Reiki Voluntário para animais! Dia 08 de Dezembro (Sábado). Na Vet Therapy 🐾 Realização Mãos que Curam Medicina Holística 🙏🏼 Das 11:00 às 15:00 horas. Os atendimentos serão realizados com hora marcada e as vagas são limitadas. Interessados em levar seu Pet para realizar o Reiki mandar email com seu nome e nome do animal para contato@vetherapy.com.br Em breve divulgaremos as outras atrações do evento! Endereço: Av.......

Saiba mais.


26
nov 2018

Esse vídeo explica como é feito o esvaziamento da bexiga da @maju_specialshitzu!  Dra. Thessa Petersen Mas se você tem um Pet especial, que não controla as necessidades, acredito que ele irá te ajudar! Eu preferi gravar o vídeo com ela de pé, mas você pode realizar o esvaziamento da forma que achar mais confortável para você e pra seu animal! Cães com incontinência tem uma tendência alta a desenvolver infecções urinárias, justamente por não conseguirem esvaziar a bexiga de forma completa sozinhos. Realizando este esvaziamento de 4 a 5 x por dia......

Saiba mais.


12
nov 2018

  O exercício de Senta e Levanta é indicado para animais que precisam de fortalecimento na musculatura de membros pélvicos. A melhora da condição da musculatura glútea, por exemplo, auxilia na estabilização dos sintomas da Displasia Coxofemoral. A realização deste exercício deve ser orientada primeiramente por um profissional, afinal a intenção é auxiliar no processo de Reabilitação....

Saiba mais.


29
out 2018
Tratamento de Luxação Patelar Grau II com Magnetoterapia | Vet Therapy Pinheiros

A Magnetoterapia ou Campo Magnético ajuda no controle de dor provocado, no caso do Tedy, pela Luxação Patelar Grau II. O efeito deste aparelho é de reequilibrar o potencial de ação das células do local onde é aplicado, melhorando assim a inflamação e “protegendo” a articulação também.                 Créditos tedy_ursinho Raça : Sptiz Alemão Idade : 5 anos...

Saiba mais.


22
out 2018
Síndrome do cão nadador | @maju_specialshitzu

@maju_specialshitzu Muitos estão nos perguntando qual o problema que a @maju_specialshitzu  tem nas patas de trás, aproveitando a deixa vamos explicar um pouco aqui sobre esta afecção que se chama Síndrome do cão nadador. É uma afecção de caráter genético, que pode estar ligada a uma alteração no metabolismo muscular e por isso esta anormalidade no desenvolvimento, que também é acompanhada de uma hiperextensão dos membros, que podem ter tanto os posteriores quanto os anteriores afetados. A grande maioria dos animais afetados por essa síndrome também possuem o esterno achatado, que pode provocar dificuldades......

Saiba mais.


16
out 2018

  Aqui nenhum cachorro fica preso! O espaço de Day Care é utilizado para os pacientes que aguardam a sessão de Fisioterapia ou o Banho. Como o problema da maioria dos Tutores é a falta de tempo, seu Pet tem a possibilidade de passar o dia conosco e ser beneficiado pelos nossos tratamentos de Fisioterapia, Acupuntura, Ozônioterapia e ainda banhos terapêuticos!...

Saiba mais.


08
out 2018

Os gatos também podem desenvolver doença miocárdica, principalmente a cardiomiopatia hipertrófica. Alguns dos sintomas iniciais mais frequentes, secundários à cardiopatia, são tosse, cansaço e dificuldade respiratória. Desmaios ou convulsões também podem estar associados. O avanço do conhecimento científico sobre as cardiopatias, a maior disponibilidade de exames complementares e o desenvolvimento de novos medicamentos, resultaram em uma enorme evolução da Cardiologia Veterinária nos últimos anos, possibilitando diagnósticos mais precisos e terapias cada vez mais eficientes. Tratamento de doença miocárdica em Gatos...

Saiba mais.


01
out 2018
Cardiologia Veterinária Vet Therapy

Assim como os humanos, os cães e gatos também são predispostos à cardiopatias, embora sejam doenças com características distintas. Dentre as principais cardiopatias dos cães de pequeno porte está a doença valvar crônica de mitral, que se caracteriza pela degeneração crônica dos folhetos valvares e consequente insuficiência mitral. Estudos epidemiológicos apontam que até 70% dos cães de raças pequenas desenvolvem esta doença, geralmente após os 8 anos de idade. Nos cães de grande porte, as doenças que afetam o miocárdio, chamadas de cardiomiopatias, são as mais frequentes e se manifestam mais precocemente,......

Saiba mais.


Página 1 de 812345...Última »